segunda-feira, 26 de março de 2012

3 anos

Eu queria ser um artista perfeito, pra te transformar em pinturas, esculturas, músicas...
Pra retratar pro mundo e pra posteridade cada encanto teu que me fascina, que me faz feliz e dá um sentido maior pra vida.

São incontáveis beijos, abraços, sorrisos, cafés na cama... Já nos perdemos no que é incontável, nesse amor infinito.

Hoje somos um. Parte inseparável um do outro.

Te amo minha preta! Te amo infinito!



Nenhum comentário:

Postar um comentário